Menu


CCV - Comunidade Corpo Vivo

Acolhendo as famílias

Pastoreio efetivo - Parte 4

10 NOV 2015
10 de Novembro de 2015

 1.     EXPOSIÇÃO (20 minutos)

Esforça-te para saber bem como suas ovelhas estão, dê cuidados a atenção aos seus rebanhos, pois as riquezas não duram para sempre, e nada garante que a coroa passe de uma geração a outra. Quando o feno for retirado, surgirem novos brotos e o capim das colinas for colhido, os cordeiros lhe fornecerão roupa, e os bodes lhe renderão o preço de um campo. Haverá fartura de leite de cabra para alimentar você e sua família, e para sustentar as suas servas. (Provérbios 27.23-27).

 Até agora vimos três de cinco recomendações de Provérbios 27.23-27 para um pastoreio efetivo:

Esforço para saber bem como estão as ovelhas. Este esforço é necessário porque nem sempre as ovelhas (as pessoas) revelam de fato o que está acontecendo com elas. Cuidado e atenção ao rebanho, que implica em preocupação com a restauração de cada um individualmente.  Assim como as ovelhas, as pessoas precisam de cuidados que só é possível quando há “auto entrega” de acordo com João 10:11 e II Coríntios 12:15. O cuidado pastoral garante a multiplicação do rebanho, o pastoreio efetivo não só garante a subsistência das ovelhas, a sua manutenção e conservação, ele também garante a sua multiplicação. Quando ocorre o pastoreio efetivo as ovelhas enfermas são curadas e restauradas, assim, elas vão gerar outras ovelhas curadas e restauradas. Vimos também que os dons de Discernimento de Espíritos, De Curar e Palavra de Sabedoria podem ser extremamente úteis no pastoreio efetivo.

A quarta recomendação é: Removendo a palha seca e provendo o melhor alimento. 

Brillat-Savarin, um grande conhecedor da fisiologia dos gostos é responsável por esta máxima "Dize-me o que comes e te direi quem és". Também existe um postulado muito conhecido que afirma “Você é o que você come”.

Aqueles que defendem maior rigor na escolha dos alimentos que ingerimos utilizam-se de postulados e máximas como essas e, já existe um consenso praticamente universal, de que uma alimentação desbalanceada reduz a qualidade e a duração de vida das pessoas.

Pois bem, as ovelhas precisam receber o melhor alimento espiritual. Há muita “palha” disponível por aí! Em nosso pastoreio somos responsáveis por ensinar as ovelhas a desprezarem a palha e a apreciarem o “capim da colina”, em outras palavras, como afirma o apóstolo Pedro:

Como crianças recém-nascidas, desejem de coração o leite espiritual puro, para que por meio dele cresçam para a salvação” 1 Pedro 2:2.

 2.     APLICANDO OS DONS ESPIRITUAIS (5 minutos)

Outro dom que também pode ser aplicado no pastoreio efetivo é o DOM DE AJUDA (ou SOCORRO) descrito em I Coríntios 12.28. Do original antílempsis, literalmente “habilidade para ajudar ou socorrer”. Significa segurar para apoiar, estar ao lado, cooperar, responder a um pedido.

 

3.     PERGUNTAS PARA REFLEXÃO EM GRUPO (10 minutos)

·       Como podemos prover alimentação saudável para as ovelhas que cuidamos?

·       Exemplifique com uma situação concreta a aplicação do DOM DE AJUDA (ou SOCORRO).

              4. INDICADORES DE DISCIPULADO (5 minutos)

                  Lembre e revise os 6 indicadores de discipulado: A sós com o Mestre Jesus; Viva na  Palavra; Ore com Fé; Comunhão com a igreja; Testemunhe para o mundo; Ministre aos outros. 


Voltar

© Copyright - Todos os direitos reservados.

Corpo Vivo

Comunidade