Menu


CCV - Comunidade Corpo Vivo

Acolhendo as famílias

Família e Dinheiro: Campo de batalha ou motivo de satisfação?

28 NOV 2016
28 de Novembro de 2016
1. EXPOSIÇÃO (20 minutos)
 
No relacionamento familiar o dinheiro pode se transformar em um dos maiores campos de batalha. Muitas vezes as rixas sobre dinheiro no lar não são os problemas fundamentais, mas na realidade é o sintoma de problemas muito mais profundos no lar e inconscientes na vida do casal. A família cristã que reconhece o senhorio de Cristo nesta área precisa tomar muito cuidado em como usar o dinheiro e não deixar que ele se transforme num campo de batalha.

Uma maneira de evitar que isso aconteça é entender corretamente o valor do dinheiro. De acordo com I Timóteo 6:17-19, o dinheiro é para o nosso deleite e satisfação, mas, também é destinado à prática do bem e ao emprego de boas obras. Ele deve ser usado como ferramenta de oportunidade para exercer a generosidade e produzir investimentos eternos. Já Lucas no seu capítulo 12 versículos 13-21 nos mostra algumas maneiras erradas de lidar com o dinheiro. Segundo ele o dinheiro torna-se um grave problema quando é considerado uma fonte de satisfação, de poder e de vida, quando significa a própria vida e quando leva alguém a destratar a Deus e ao próximo.

Para que o dinheiro não se torne em motivo de batalha na família, você também precisa trabalhar para manter a unidade familiar na área financeira. A unidade na administração não deve ser vivida somente entre o casal mas também para com os filhos, eles devem desde pequenos aprender a participar e contribuir com os pais em sabedoria e obediência na administração das finanças da família. Se o casal não consegue nem entre si viver esta unidade, também os filhos estarão desviados deste conceito.

Por último, falando agora em termos mais práticos, uma família necessita de um orçamento familiar, que é um cálculo dos rendimentos da família e das despesas que ela tem. A sua família precisa de um orçamento para que você possa administrar bem o dinheiro e evitar conflitos.

3. APLICANDO OS DONS ESPIRITUAIS

Administração ou Governo – 1 Coríntios 12.28; Êxodo 18.13-26

O dom de administração ou Governo é a capacidade divina para entender o que faz as coisas funcionarem e atingirem os respectivos alvos. Este dom pode ser aplicado á igreja como uma instituição ou a qualquer estrutura organizacional, incluindo-se a família. O Apóstolo Paulo, ao falar sobre as qualidades de um líder na igreja menciona essa habilidade: Ele deve governar bem sua própria família...” I Timóteo 3:4.

3. REFLEXÃO EM GRUPO (10 minutos)

Você tem um plano de administração das suas finanças?

4. INDICADORES DE DISCIPULADO (5 minutos)

Líder, revise com os participantes da célula os 6 indicadores de discipulado:

 1)    A sós com o Mestre;
 2)    Viva na Palavra;
 3)    Ore com fé;
 4)    Comunhão com a igreja;
 5)    Testemunhe para o mundo;
 6)    Ministre aos outros.

Bispos  Antonio & Tally
Voltar

© Copyright - Todos os direitos reservados.

Corpo Vivo

Comunidade