Menu


Viva liberto da murmuração - Parte 1

24 OUT 2016
24 de Outubro de 2016

1. EXPOSIÇÃO (20 minutos)
 
E o povo começou a reclamar a Moisés, dizendo: "Que beberemos? Êxodo 15:24

Um dos maiores milagres da história aconteceu na travessia do Mar Vermelho. A Bíblia relata nesse texto que eles passaram a pé enxuto. E tinham a boca cheia de cânticos e o coração transbordante de celebração. Eles adoraram a Deus e Miriam compôs uma canção de louvor e adoração em gratidão ao Senhor por ter aberto o mar. O povo estava cheio de um novo louvor e uma nova dança. 

Esse foi o maior milagre coletivo. Nenhum deles se negou a atravessar o mar, achando que estariam entrando numa cilada, pensando que quando estivessem no meio o mar, ele iria se fechar. Mas, naquela hora, o povo foi tomado de uma coragem e um poder sobrenatural, porque os líderes iam à sua frente. 

Os hebreus viram os egípcios sendo destruídos e experimentaram um grande livramento da parte de Deus. Eles caminharam por três dias no deserto, celebrando e dançando com alegria. E após isso tiveram sede; vendo-se no deserto sem água, rapidamente esqueceram da alegria experimentada anteriormente. Eles começaram a murmurar por causa da sede e debaixo de toda aquela murmuração, encontraram um poço de águas amargas e desejaram até beber daquela água. Por causa da sede, houve murmuração contra Deus e contra Moisés. Que lições podemos tirar para nossas vidas com esta experiência?

Primeira lição: a mesma boca que louva e adora a Deus pode ser a mesma que murmura. Você não pode adorar a Deus no domingo, com danças e cânticos e durante a semana entrar numa rota de murmuração.

Segunda lição: a murmuração torna a vida amarga. O povo não esperou Moisés buscar uma solução para encontrar água. Eles tomaram a iniciativa de irem até o poço e descobriram que as águas eram amargas. A murmuração destrói a vida de qualquer líder. Na precipitação, só encontramos águas amargas. Todas as vezes que não ouvimos o líder e nos precipitamos, encontramos águas amargas. A água amarga atuava como laxante.  A consequência: 3.000.000 de pessoas com diarreia. Você pode imaginar três milhões de pessoas com diarreia no deserto, sem recursos, sem nada? Ao beber aquela água o povo estava reduzindo sua qualidade de vida. 

Terceira lição: os atos proféticos são importantes: A árvore jogada nas águas. Moisés teve que fazer um ato profético para que aquelas águas se tornassem doces. O Senhor mandou que ele jogasse uma árvore nas águas para que o povo pudesse saciar a sua sede. 


2. APLICANDO OS DONS ESPIRITUAIS (5 minutos)

Distinguir (discernir) os espíritos (I Coríntios 12.10) que também pode ser chamado de Discernimento Espiritual. 
Esta é uma capacidade de avaliar as pessoas, doutrinas e situações para ver se eles são de Deus, da própria pessoa ou de Satanás. 
Muito crente confunde esse dom com uma postura de criticar tudo na igreja! Mas, não é a mesma coisa. Na maioria das vezes essa postura de criticar tudo é fruto de uma insatisfação ou amargura pessoa. O dom aqui mencionado é uma habilidade especial, pois não se discernem as coisas espirituais com a mente natural. “Porém o homem espiritual julga todas as coisas, mas ele mesmo não é julgado por ninguém” (1 Coríntios 2.15). 

3. REFLEXÃO EM GRUPO (10 minutos)

Em que área você se considera mais tentado a murmurar?

4. INDICADORES DE DISCIPULADO (5 minutos)

Líder, revise com os participantes da célula os 6 indicadores de discipulado: 

1) A sós com o Mestre; 
2) Viva na Palavra; 
3) Ore com fé; 
4) Comunhão com a igreja; 
5) Testemunhe para o mundo; 
6) Ministre aos outros.

Bispos  Antonio & Tally
Voltar

© Copyright - Todos os direitos reservados.

Corpo Vivo

Comunidade