Menu


CCV - Comunidade Corpo Vivo

Acolhendo as famílias

Verdadeiros Adoradores - Parte 2

30 MAI 2016
30 de Maio de 2016
1. EXPOSIÇÃO (20 minutos)

"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem", (João 4: 23)

Vamos relembrar algumas coisas do estudo anterior! Nosso intuito é entender o que é “adorar” e, para isso, começamos a estudar algumas palavras como “PROSKUNEO”, que descreve o gesto de curvar-se diante de uma pessoa e ir até o ponto de beijar os seus pés. Essa palavra nos lembra que nós adoramos a Deus quando nos rendemos, nos submetemos a ele reconhecendo não somente sua grandiosidade, mas também sua infinita misericórdia, amor, benignidade e generosidade, demonstrados por nós na doação espontânea e graciosa do seu único filho para morrer em nosso lugar.  “PROSKUNEO” foi usada 10 vezes com suas variações na passagem de João 4:20-24, que registra o diálogo entre Jesus e a mulher samaritana. Também destacamos que “PROSKUNEO” foi utilizado por Satanás em Lucas 4.7-8 para denotar sua descarada intenção de receber de Jesus, na verdade, de usurpar a adoração devida a Deus: ‘‘Então, se me adorares, tudo será teu. Jesus respondeu - “Está escrito: Adore o Senhor, o seu Deus, e só a Ele preste culto". Como já sabemos o diabo queria ser adorado e apenas o gesto de Cristo se “prostrar”, seria uma vitória para ele. Jesus sabia que o gesto de culto, não podia ser desvinculado da própria adoração e responde: "Adore (PROSKUNESIS) o Senhor, o seu Deus e só a Ele preste culto". Então, tiramos nossa primeira conclusão: 

ADORAR A DEUS equivale a RENDER-SE INCONDICIONALMENTE A ELE, é um ato de graciosa submissão e reconhecimento por ser ele o criador e o salvador do seu povo.

Nossa segunda palavra também é uma palavra grega: “LATREIA”, que é traduzida em nossas bíblias por “SERVIR”. Esta palavra nos remete ao sentido de cultuar e oferecer atos de adoração que agradam a Deus conforme Hebreus 12:28 que nos diz que aqueles que aceitaram a Cristo como Senhor, recebe­ram da Sua Graça para viver e servem a Deus, através desta mesma Graça.

“LATREIA” também aparece em Romanos 12:1, e aqui descreve a dedicação de nossas vidas a Deus. Em outras palavras, ofertar a Ele toda a nossa potencialidade, capacidade, inteligência, energia, experiência e devoção. Servir, como reconhecimento da transformação que Ele operou em nossa vida. Ele merece o melhor do nosso serviço como forma de gratidão.

Há um livro muito importante intitulado “Adoração Bíblica” que foi escrito por um admirado teólogo chamada Dr. Shedd. Em seu livro o Dr. Shedd diz que nosso ato de servir a Deus, requer que o sirva­mos em exclusividade: “O Senhor reivindica a totalidade do “serviço” (LATREIA) dos seres a quem Ele dá vida. A rebelião do pecado humano, enquadra-se nesta realidade: o homem serve no sentido de adorar o que não é Deus” (p. 18).

A respeito dessa exclusividade, Jesus não deixou dúvida alguma quando na tentação,  respondendo a Satanás: “só o Ele darás culto” (Mateus 4:10). Também em Mateus 6.24 novamente ele assevera que não podemos servir a dois senhores. Está rigorosamente claríssimo para Jesus que não há lugar para dois objetos de culto simultâneos. Não podemos ter duas caras, uma na igreja e outra no mundo!

Aqui está nossa segunda conclusão:  ADORAR A DEUS É SERVI-LO COM EXCLUSIVIDADE!

2. APLICANDO OS DONS ESPIRITUAIS (5 minutos)

Distinguir (discernir) os espíritos (I Coríntios 12.10). Vamos entender um pouco mais esse dom. Trata-se de uma revelação sobrenatural dada pelo Espírito Santo, para identificar ou discernir a natureza e o caráter dos espíritos: Humano, Satânico e Divino. Ele é importante porque nos ajuda a entender quando se trata de uma operação humana, divina ou satânica. Portanto, é uma ferramenta valiosa em nossa comunhão com Deus, em nossos relacionamentos interpessoais e na batalha espiritual contra Satanás e seu exército. 

3. REFLEXÃO EM GRUPO (10 minutos)

·    Quais são as duas conclusões tiradas até aqui sobre Adorar a Deus?
·    Alguém que não tenha falado na semana passada poderia dar um pequeno depoimento sobre uma situação qualquer onde o “discernir espíritos” se revelou importante?

4. INDICADORES DE DISCIPULADO (5 minutos)

Revise com os participantes da célula os 6 indicadores de discipulado: 
1)    A sós com o Mestre; 
2)    Viva na Palavra; 
3)    Ore com fé; 
4)    Comunhão com a igreja; 
5)    Testemunhe para o mundo; 
6)    Ministre aos outros.

Bispos Antonio & Tally

Versão para download e impressão
Voltar

© Copyright - Todos os direitos reservados.

Corpo Vivo

Comunidade