Menu


Nós temos as primícias - Parte 1

29 FEV 2016
29 de Fevereiro de 2016
1. EXPOSIÇÃO (20 minutos)

E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. Romanos 8: 18, 22 e 23.


Para entender o que Paulo quis dizer ao afirmar que nós temos “as primícias do Espírito” convém relembrar que no Antigo Testamento a palavra primícias descrevia os primeiros frutos do campo ou dos rebanhos, que eram oferecidos em gratidão a Deus (Dt 18.4; Números 28:26). Elas representavam o início da colheita, os primeiros frutos. 

No Novo Testamento a Festa das Primícias ficou conhecida como o dia de Pentecostes ou festa das Semanas, porque a festa era comemorada 50 dias após a Páscoa. 

A Festa das Primícias ou Festa de Pentecostes apontava para a outorga do Espírito Santo à igreja no futuro, o que efetivamente aconteceu em Atos 2:1.

Portanto, concluímos que ao usar essa expressão Paulo tinha em mente o seguinte:

1) A outorga do Espírito Santo em Pentecostes concretizou aquilo que a Festa das Primícias anunciava no Velho Testamento.

2) Agora é o próprio E.S. que se tornou em nós e para nós o início das coisas ainda melhores e maiores que hão de vir! Agora, nós temos o Espírito Santom – o que já é muita coisa - após o Arrebatamento, deveremos ter a bênção da colheita inteira que inclui: a ressurreição e a glorificação dos eleitos de Deus.

3) O Espírito nos transmite e nos faz vivenciar as “primícias” das bênçãos que Deus já nos concedeu no passado (por exemplo: o novo nascimento, a justificação), o que Ele nos concede no presente (por exemplo: a santificação) e que serão totalmente manifestas na eternidade. 

4) O Espírito nos possibilita que aqui e agora desfrutemos de todas as bênçãos da Eternidade, Ele traz o futuro até nós, mas, esse gozo ainda não é pleno, assim, as “primícias do Espírito” carregam com elas a promessa que no futuro a colheita será completa, plena e abundante!


2. APLICANDO OS DONS ESPIRITUAIS (5 minutos)

Quando falamos de Primícias do Espírito o Dom da Fé também é essencial (1Co 12.9, 13.2; Hb 11.1; Rm 18.21). 

Como já vimos, esse dom constitui-se numa habilidade concedida por Deus para agir com confiança e fé, convicto da capacidade de Deus para cumprir todas as suas promessas do presente e do futuro!

3. REFLEXÃO EM GRUPO (10 minutos)

· Como está indo a sua relação com o Espírito Santo?
· Diga com suas palavras o que você entendeu por primícias do Espírito.

4. INDICADORES DE DISCIPULADO (5 minutos)

Lembre e revise os 6 indicadores de discipulado: A sós com o Mestre Jesus; Viva na Palavra; Ore com Fé; Comunhão com a igreja; Testemunhe para o mundo; Ministre aos outros.
Voltar

© Copyright - Todos os direitos reservados.

Corpo Vivo

Comunidade